Tratamento com antibióticos: Alimentação adequada

  

A permeabilidade intestinal é uma barreira, um filtro que seleciona o que é bom para chegar a circulação e o que não é bom. Esse mecanismo é chamado de “Disbiose”.
Todos nós devemos ter a permeabilidade intestinal regulada para garantir uma boa saúde intestinal.

 Os antibióticos, antiinflamatórios, corticóides, anticoncepcionais, omeprazol, laxantes e altos consumo de carboidratos refinados, entre outros, aumentam a proliferação de fungos no intestino e aumentam a permeabilidade intestinal desencadeando a chamada disbiose intestinal, que pode desencadear problemas tais como: alergias, constipação intestinal, acne, obesidade, diabetes, disfunções cognitivas, digestivas, cardiovasculares e etc, e conseqüentemente diminuem a imunidade.

 Para regular a permeabilidade intestinal e evitar tais problemas citados anteriormente, devemos incluir na alimentação diária:

* Leite fermentado (tipo Yakult), iogurtes (tipo activia/ actimel), oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas);
* Aumentar o consumo de fibras para 4 colheres de sopa/dia (gergelim, aveia em flocos, linhaça),
* Frutas e vegetais (pelo menos 5 porções/dia) 
* Alimentos integrais (arroz, massas e pães).
* Recomendam-se também evitar o consumo de álcool, cafeína e produtos industrializados; consumir no máximo 200 ml de líquidos durante as refeições;
* Evitar o consumo de leite e derivados, bem como glúten e carnes vermelhas em excesso; 
* Comer a cada 3 horas; mastigar bem os alimentos;
* Reduzir o consumo de sal, açúcares, doces e gorduras; 
* Aumentar o consumo de líquidos no intervalo das refeições (água, sucos e chás);
* Incluir gengibre, alho, cebola e orégano como temperos culinários; 
* Consumir 4 xícaras/dia de chás de melissa, erva – doce e camomila como ingestão hídrica e por último incluir de 50 a 100 ml/dia de suco de aloe vera puro sem sabor, fora do horário das refeições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário